Menu de Lua de Mel

Resolvi fazer o “Relais Ma Folie “porque não dava para ter só para mim e meus filhos … compartilhar seria uma solução … e assim foi …Tive a audácia e formando aos poucos as pessoas que trabalhariam lá, organizando novas formas, regras… ia aprendendo junto! Uma delicia! Coloquei na Internet e a primeira pesssoa queContinuar lendo “Menu de Lua de Mel”

A colher torta

Quando Ana Carolina começou a comer com sua própria mãozinha, foi por meio desta colher, que carinhosamente chamávamos de “colher torta”, que conseguia …Depois de 2 anos, Dado, pelo mesmo motivo usou ela também …Tem portanto essa idade, uma colher mais que balzaquiana (para quem não sabe termo de Balsac por causa do livro mulherContinuar lendo “A colher torta”

Duas profissões

Ano 2000Como decoradora trabalhava até quinta em SP… depois do almoço subia a serra e era hoteleira…Foi num rompante que percebi que poderia fazer Ma Folie, a casa de Campos, virar um Relais.Aprendi bastante e levei um susto porque através da internet (só e-mail na época) logo chegaram pessoas do Recife, Rio, Paraná, Minas Gerais…Continuar lendo “Duas profissões”

Cheirinho de férias

Estou com vontade de me manifestar no meio dessa Invalidez Vegetal que graça pelo país.É tão vasto o que tenho a falar… sinto um aperto no coração… Daria uma ópera fabulosa se todas as árvores ameaçadas começassem a falar, gritar, e não mais cantar, envolvendo seus galhos soltos serpenteados de reviravoltas com os ventos, asContinuar lendo “Cheirinho de férias”

O cinza que vira azul

Bom mesmo seria podermos nos ver de novo como antes…sinto que estou murchando… os caminhos não são mais os mesmos e que seja finita essa Ventura… estou preparada.Nunca escrevi isso antes mas agora percebi e foi justo com você que me veio à tona que estou cansada de sempre ter coisas lindas para falar, verContinuar lendo “O cinza que vira azul”